ESTHER GONÇALVES JOSEPETTI
Rua: Rua 220    Jazigo: 2

Data de Nascimento: 24/03/1935
Data de Falecimento: 01/08/1988
Natural de: Cândido da Motta - SP
Casado: Sim
Tinha Filhos: Sim
Profissão: Professora

Esther Gonçalves Josepetti nasceu em 24 de março de 1935, na cidade de Cândido Motta, Estado de São Paulo, filha caçula de Samuel Antonio Gonçalves e Maria Julia Gonçalves.

Depois de morar, juntamente com seus pais, e onze irmãos e irmãs, em Assis/SP, em 1939, em Cambé/PR, em 1943, e em Londrina/PR, em 1946, se mudou para a cidade de Maringá, Paraná, em 1947, onde fixaram residência no sítio de 50 alqueires de terra que seu pai adquiriu na Estrada Romeira. Nesse sítio seu pai, derrubou parte da mata para o plantio de café e construiu uma pequena residência onde morou com sua família, sendo um verdadeiro pioneiro na cidade.

Por ser de família humilde, enfrentou muitas dificuldades para estudar. Após concluir os estudos dos ensinos fundamental e médio na cidade de Maringá, mudou-se para a Capital do Estado do Paraná, onde, com muita luta e afinco, cursou Faculdade de Letras na Universidade Católica de Curitiba/PR, com especialização em Línguas Estrangeiras.

Em uma viagem de esportes que fez pela universidade, conheceu Jamil Josepetti, que era aluno do curso de Direito da Universidade Federal do Paraná, com quem se casou em 06 de fevereiro de 1960, na Igreja Presbiteriana Independente de Assis/SP, e permaneceu casada até seu falecimento, completando 28 anos de feliz união.

Em 1961, a Professora Esther e seu esposo mudaram para a cidade de Maringá, onde seu esposo exerceu a advocacia, e ela atuou como professora de inglês nos Colégios Gastão Vidigal, Santa Cruz e Instituto de Educação, tendo sido, ainda, a primeira professora de inglês da Universidade Estadual de Maringá, título que lhe rendeu linda e emocionante homenagem meses antes de seu falecimento.

Do feliz casamento da Professora Esther Gonçalves Josepetti com Jamil Josepetti, nasceram cinco filhos: Claudia Helena Josepetti de Andrade, em 21 de agosto de 1966; Jamil Josepetti Junior, em 10 de agosto de 1967; Damaris Gonçalves Josepetti, em 03 de abril de 1972; Raquel Gonçalves Josepetti, em 20 de abril de 1975; e Priscila Gonçalves Josepetti Santili, em 08 de dezembro de 1976, todos em Maringá. Em vida, a Professora Esther teve a alegria de participar do casamento de sua filha primogênita Claudia, com Marcos Pereira de Andrade, e de conhecer dois netos Marcos Jeter Josepetti de Andrade e Ana Claudia Josepetti de Andrade, filhos do referido casal, que foram muito amados e “mimados” pela avó.

Se estivesse viva teria mais um genro, Marcio Augusto Santili, casado com Priscila, e uma nora, Luciana Nicolau Josepetti, casada com Jamil Junior, e mais sete netos, Julia e Luana Nicolau Josepetti, filhas de Jamil Junior e Luciana, Giovanna e Gabriel Josepetti da Costa, filhos de Damaris, Luiz Carlos Gonçalves de Oliveira Junior, filho de Raquel, e Marcio Augusto Santili Junior e Beatriz Josepetti Santili, filhos de Priscila e Marcio, totalizando nove netos.

A Professora Esther e seu esposo gostavam muito de mudar, tendo morado em aproximadamente 10 (dez) residências nesta cidade, localizadas nas zonas 02 (dois), 05 (cinco) e 04 (quatro). Sua última residência, onde veio a falecer, localizava-se na Rua Padre Germano Mayer, n. 768, na Zona 02. O casal também foi um dos sócios-fundadores do Maringá Clube.

A Professora Esther também gostava muito de esportes. Antes de ser mãe, atuou como jogadora de volleybol, sendo ao lado de seu esposo, além de jogadora, uma das fundadoras da Liga dos Esportes Amadores de Maringá (LEAM), disputando vários campeonatos representando o Município de Maringá/PR.

Destaca-se, também, a vida religiosa da Professora Esther Gonçalves Josepetti que, em toda sua vida foi cristã protestante (evangélica). Nasceu e foi criada na Igreja Presbiteriana Independente, da qual seu pai foi um dos fundadores, onde permaneceu participando ativamente até março de 1972, se transferindo em abril daquele ano para a Igreja Presbiteriana Renovada onde permaneceu até seu falecimento.

Todos os seus filhos nasceram e foram criados no evangelho. Uma das prioridades na vida da Professora Esther e do Dr. Jamil, senão a principal, foi educar os filhos nos caminhos do Senhor Jesus.

Como a realização da Professora Esther era o ensino, mesmo após ter parado de atuar como professora de inglês nos colégios e universidade citados, ela continuou ensinando sendo professora da classe de jovens da Escola Bíblica Dominical por mais de 20 anos. Além disso, também era conselheira dos jovens da igreja que frequentava.

Depois de ter sido acometida por câncer, convivendo e lutando contra a doença por aproximadamente 10 anos, faleceu no dia primeiro de agosto de 1988, com 53 anos de idade, deixando uma linda família, maravilhosas lembranças e saudades, muitas saudades a todos que a conheceram e que de uma maneira ou outra tiveram a oportunidade de conviver com ela.

A Professora Esther foi um verdadeiro escudo na vida de seu esposo e filhos, cumprindo o que diz a Bíblia sendo mulher virtuosa, sempre ponderada, humilde e intercessora. Sua vida sempre foi pautada pela honestidade, sinceridade, lealdade, seriedade, amor, carinho, compreensão, persistência, simplicidade, humildade, benignidade, simpatia e, principalmente, temor a Deus e zelo pelos princípios morais e bíblicos, cumprindo com honradez seus deveres de mulher, esposa, profissional, mãe, avó e cidadã maringaense. Era paulista de nascimento, mas maringaense de criação e coração.

O que resta aos familiares e amigos a Professora Esther é a saudade, que nada pode apagar, nem o tempo. Mas, o que se pode e deve fazer é seguir o seu exemplo de vida, trabalho, coragem e fé, tendo o consolo que ela está em lugar maravilhoso, no céu, onde todos os que permanecerem na mesma fé e vida em Cristo Jesus, estarão uma dia para todo o sempre, juntamente com Cristo Jesus.












Avenida Alziro Zarur, 565 - Mandacarú - Maringá - Paraná
Fone: 44 3265.6677 | 3029-6673 e o Fax: 3265-3553
E-mail: contato@cemiterioparquemaringa.com.br
Desenvolvido por
Oliver Media